Rádio Farroupilha: 75 anos de emoção

publicado em 25/07 às 14h12

Era um domingo de inverno, em julho de 1995, e chovia muito. Ao redor do palco no Largo Glênio Peres, em Porto Alegre, havia uma multidão de cerca de 100 mil pessoas para comemorar mais um aniversário da Rádio Farroupilha. Mesmo com o frio, o público não perdia a animação, que contagiava os músicos. Quando o inesperado aconteceu: faltou luz.

– Nesse momento, eu pensei: agora sim, vai todo mundo embora, vai acabar a festa – lembra o comunicador Gugu Streit.

Mas, para surpresa dele, o público manteve as palmas, continuou cantando e incentivando o grupo Pagode do Dorinho, que estava no palco. Embalados pela energia da plateia, os músicos conseguiram dar segmento ao show, mesmo sem a amplificação e na total escuridão.

– Esse foi, para mim, o maior exemplo de carinho e fidelidade que os ouvintes nos deram e é uma emocionante recordação que eu guardo desses anos comandando a festa de aniversário da Farroupilha – arremata.

São momentos como esse que motivam o já veterano locutor Gugu Streit. Com 43 anos – 23 deles por trás dos microfones da Rádio Farroupilha –, ele encontra na convivência diária com os ouvintes o seu combustível para continuar trabalhando. O taquarense que começou a trabalhar com 13 anos entregando jornais encontrou no seu companheiro de jornada de trabalho, o rádio a pilhas, sua razão de viver. Hoje, o programa que apresenta, Comando Maior, é um dos carros-chefes da programação da emissora, que é primeiro lugar no AM gaúcho há mais de 25 anos.

A grande festa de aniversário que estava programada para este domingo teve de ser adiada. Tudo por causa da previsão de mau tempo para o fim de semana. A nova data será anunciada em breve.

Fonte: ZERO HORA