Juiz suspende locutores de rádio e proíbe comícios e carreatas em Oeiras

publicado em 18/10 às 10h30

As famílias Sá e Tapety disputam novamente a prefeitura de Oeiras. Na eleição suplementar marcada para 14 de novembro, Lukano Araújo Costa Reis Sá (PSB) e Aleksandra Rocha Angeline Tapety (PMDB) disputarão os votos de 26 mil oeirenses.

A tradição política faz a tensão entre os grupos aumentar em época de eleições. Por conta disso, o juiz titular da comarca local adotou várias medidas para diminuir as provocações entre adversários. São tentativas de evitar incidentes e impedir que a campanha atrapalhe a vida da cidade.

Através de portarias, o juiz Sebastião Firmino Lima Filho proibiu, por exemplo, a realização de comícios e carretas no centro histórico da cidade. Primeira capital do Piauí, Oeiras ainda guarda traços do período colonial. “Queremos preservar o patrimônio e permitir o funcionamento do Fórum, da igreja, da Câmara dos Vereadores e do hospital”, explica.

Estão proibidas também músicas com provocações. A polícia está orientada a desligar ou mesmo apreender aparelhos de som e multar pessoas que estejam veiculando jingles que desrespeitem adversários.

As rádios comunitárias locais também estão sob fiscalização. Quatro locutores de duas emissoras foram suspensos pelo juiz e só poderão apresentar programas depois das eleições suplementares.

“Todas essas medidas são preventivas, para manter a ordem no município”, justifica o magistrado.

Fonte: PORTAL AZ