Equador adere à TV digital nipo-brasileira

publicado em 27/03 às 17h05

O Equador é o sexto país da América Latina a adotar o padrão nipo-brasileiro de TV digital. A decisão foi anunciada nesta sexta-feira (26) pelo presidente equatoriano Rafael Corrêa. O ministro de Telecomunicações do Equador, Jorge Glass, e o secretário de Telecomunicações do Brasil, Roberto Pinto Martins, já assinaram um memorando de cooperação entre os dois países para a implantação da TV Digital aberta. O governo japonês também firmou um protocolo para ajudar na implantação do sistema.

 

Atualmente, o padrão nipo-brasileiro está presente no Peru, na Argentina, no Chile, na Venezuela e no Brasil. Para o secretário de Telecomunicações do Brasil, Roberto Pinto Martins, “o ISDB-T (Integrated Services Digital Broadcasting Terrestrial – como o sistema é chamado) está se tornando, de fato, o padrão de TV Digital da América Latina”. O ministro de Telecomunicações do Equador, Jorge Glass, concordou com a colocação e disse que o sistema já pode ser considerado latino-americano.

 

Além dessa região, é possível que o mesmo sistema seja adotado, em breve, por alguns países africanos. Representantes dos governos da África do Sul e do Moçambique têm se encontrado com autoridades brasileiras para estudar a possibilidade.  Os governos de Cuba, Uruguai e Costa Rica também analisam a proposta.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação da Abert, com informações do Ministério das Comunicações