Rádio Bandeirantes terá equipe de 16 profissionais na Copa

publicado em 12/05 às 20h06

A Rádio Bandeirantes levará equipe de 16 pessoas, entre jornalistas e técnicos, para a África do Sul. O chefe do esporte da rádio, o jornalista Sergio Patrick, espera contar com a ajuda do fuso horário para cativar sua audiência.

- Muitos jogos serão em horário de comercial no Brasil. Então, acredito que muita gente vai escutar os jogos pelo rádio no trabalho. Vamos levar a melhor transmissão do maior evento de futebol do mundo.

Boletins especiais com a história das Copas, o cotidiano da seleção, aspectos culturais da África do Sul e prognósticos para a Copa do Brasil completam a programação. 

O repórter Leandro Quesada se prepara para sua quarta Copa. Ele ficará colado 24 horas nos jogadores. Quesada cobriu os mundiais de 1998, na França, de 2002, no Japão e na Coréia do Sul, e o de 2006, na Alemanha. Em 2002, viu o Brasil se tornar penta-campeão mundial.

- Era uma equipe que queria o título e tinha muita vontade de trazer a taça para o Brasil. Tomara que a deste ano seja assim também.

O repórter só teme uma dificuldade para a realização de seu trabalho.
- A minha previsão é de que a cobertura este ano seja mais difícil, porque o Dunga parece não querer abrir as portas da seleção para os jornalistas. Então, vamos ver quem vai dar o furo [jargão jornalístico para uma notícia em primeira mão].

Fonte: R7