Abert defende apuração rigorosa de agressão em SC

publicado em 18/07 às 15h11

A Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert) apela às autoridades policiais de Santa Catarina para que procedam rigorosa apuração do grave episódio em que foi vítima o narrador esportivo Rodrigo Santos, da rádio Cidade AM 850, de Brusque, no Vale do Itajaí.
 
Santos foi agredido durante transmissão da final da Copa Santa Catarina, entre Brusque e Joinville, na cidade de Joinville, no sábado passado, por Delfim de Pádua Peixoto Neto, o Delfinzinho, filho do presidente da Federação Catarinense de Futebol, Delfim de Pádua Peixoto.
 
Preocupa-nos a repetição de atos de violência como este, em nosso país, cometidos contra jornalistas no exercício de sua atividade profissional. Atentar contra a liberdade de imprensa significa, na verdade, desrespeitar um direito fundamental de toda sociedade que se pretenda democrática, de ter acesso a informações e ideais.

Fonte: ABERT